A Higiene é fundamental na Criação de Aves

A definição saúde, segundo o dicionário Aurélio, é o estado do indivíduo cujas funções orgânicas, físicas e mentais se acham em situação normal; estado do que é sadio ou são; força, robustez e vigor.

O estado de saúde depende de vários fatores e está diretamente relacionado ao manejo que as aves recebem. São tantas as variáveis envolvidas no manejo que controlá-las 100% é muito difícil, principalmente em criatórios onde há, normalmente, um grande adensamento de aves.

Por isso é importante que o criador faça bem a sua parte, como por exemplo:

. Adequada dieta para cada espécie de ave, com procedência confiável.

. Eliminação de qualquer tipo de stresse, como por exemplo, grande população de aves em ambiente pequeno, barulho próximo ao viveiro ou gaiola, entre outros, evitando assim o aparecimento de doenças.

. Parede mofada é indício de ambientes com umidade alta, pouco arejados e com pouca incidência solar.

. Higienização e desinfecção do ambiente, como pisos, paredes, objetos em geral que entrem em contato com as aves direta ou indiretamente, pois bactéria, vírus, fungos e parasitas são causadores de enfermidades, que dependem de um ambiente propício para se disseminar entre as aves.

. Manter superfícies em geral livres de sujidades aparentes.

. Aplicar periodicamente desinfetantes nas superfícies higienizadas, retirando as aves do local e pulverizando o desinfetante no ambiente.

Por tudo isso, apesar de a saúde da ave depender de uma série de obrigações a serem cumpridas pelo criador no pacote “manejo”, a desinfecção assume caráter imprescindível para a saúde das aves no criatório.

Ps: Gostou? Envie sugestões para os próximos Artigos.

Dr Fabiano Freitas Galhardo

Médico Veterinário Especialista em Aves

 

Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão

Campos obrigatórios são marcados com *