Sinusite em Aves

Sinusite em Aves

Sinusite em Aves

As aves também pode sofrer de sinusite.

Muita gente se espanta quando descobre que sua ave também pode sofrer dessa enfermidade, onde aparece presente em muitos criatórios.

A Sinusite é uma inflamação dos seios paranasais, geralmente associada a um processo infeccioso, causando muito incomodo e dor nas aves.

Os seios paranasais são formados por um grupo de cavidades aeradas que se abrem dentro do nariz e se desenvolvem nos ossos da face.

As causas mais comuns que podem desencadear a sinusite são: a gripe, alergia, desvio do septo nasal e más condições climáticas.

Existe um grande fator que é determinante na saúde de qualquer espécie, que é o fator imunológico, esse que através de um fator chamado estresse leva a um desequilíbrio no sistema imunológico das aves.

O estresse prolongado pode causar sérios prejuízos ao organismo, como queda na resposta imunológica e aumento da sensibilidade a infecções bacterianas.

Os agentes estressantes pode ser os sons, odores, pressão, frio, efeitos de drogas ou agentes químicos, psicológicos (apreensão, ansiedade, medo, fúria e frustração), comportamentais (superpopulação, disputas hierárquicas, falta de contato social e mudanças de ambiente) e variados (má nutrição, parasitismo, infecções, cirurgias, imobilização química ou física e confinamento).

Resumindo essa simples queda da imunidade, pode se levar a proliferação de bactérias oportunistas presentes na microbiota natural da ave.

Os sintomas são aumento do diâmetro das narinas com formação de pus. O interessante é se lembrar que o pus na ave não é um fluido igual ao do mamífero e sim caseoso, parecendo muito mais uma massa compacta.

O diagnóstico correto do agente etiológico envolvido na sinusite irá conduzir a melhor terapêutica. O tratamento é longo e o índice de sucesso é reservado. O tratamento cirúrgico pode ser recomendado dependendo do caso.

A minha idéia é levar esta informação e conhecimento para que não pratique a  automedicação, pois pode agravar o quadro da doença.

E lembrem-se sempre buscar um Médico Veterinário especializado para assim ter um melhor diagnóstico e resultado no tratamento.

 

Um Grande Abraço

 

Dr Fabiano Galhardo

Inscreva em Nosso Canal do Youtube e Receba mais Dicas: Clique Aqui

Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão

Campos obrigatórios são marcados com *